Assim que o atacante Dagoberto chutou para as redes e definiu a vitória do São Paulo nos pênaltis sobre o Universitario, a torcida tricolor misturou a comemoração com uma provocação. Enquanto deixava o estádio do Morumbi, os fãs entoaram os gritos de “mengo”, em referência ao jogo entre Flamengo e Corinthians, nesta quarta-feira (5).
Os jogadores do São Paulo, porém, tentaram evitar polêmica e não demonstraram intenção de ‘secar’ o rival. O lateral-esquerdo Junior Cesar, diz que vai asssistir a partida, mas espera que o melhor em campo sai a com a vitoria.

– Não vou torcer por ninguém. Vou ficar sentando no sofá, de frente à TV, comendo uma pipoquinha e vendo o bicho pegar. São duas grandes equipes e que vença o melhor.

Depois da vitória por 1 a 0 na semana passada, o clube carioca joga pelo empate nesta quarta, no Pacaembu. Rogério Ceni, então, prevê problemas para a equipe que se despedir da Copa Libertadore.

– Todo mundo vai passar por uma crise, exceto o campeão. Amanhã (quarta), um brasileiro entra em crise, se não forem dois.

O atacante Dagoberto, por sua vez, nem pretende assistir ao jogo.

– É difícil, não gosto de TV. Eles são profissionais como nós. Torço para vencer o melhor, não vou torcer por ninguém.

Classificado para as quartas de final da Libertadores, o São Paulo também conhecerá nesta quarta-feira (5) seu próximo adversário, que será o melhor do duelo entre Nacional,do Uruguai e Cruzeiro.

Edição R7