A Era Fernandão, com a qual comissão técnica e dirigentes do São Paulo tanto sonhavam há tempos, terá início neste sábado no CT da Barra Funda. A partir das 10h, o atacante fará o primeiro treino no clube e logo em seguida será apresentado. Solução?

Todos no Morumbi acreditam que o novo camisa 15 poderá ser o diferencial para eliminar o favorito Cruzeiro nas quartas de final da Copa Libertadores. Mas sua chegada também pode acarretar problemas.

Campeão da América e do mundo em 2006, Fernandão tem o espírito de liderança que o próprio líder Rogério Ceni espera para ajudá-lo a motivar os companheiros dentro de campo.

– Eu gosto muito do Fernando, ele é um grande jogador e tem essa aura de líder que acho muito legal, ajuda dentro de campo – disse o capitão.

Ricardo Gomes confia na presença do ex-goiano para melhorar o poder de finalização, principal problema na sofrida classificação contra o Universitario (PER), além de fazer com que o São Paulo fique mais tempo com a bola nos pés. Tanto com Washington, quanto com a dupla de velocistas Dagoberto e Fernandinho, o time tem perdido a posse de bola facilmente no setor ofensivo.

O técnico já declarou intenção de escalar Fernandão como titular na próxima quarta-feira, diante do Cruzeiro, no Mineirão. Mas Ricardo, por ironia, também poderá sofrer más consequências com a chegada do atacante. O presidente Juvenal Juvêncio já declarou que quanto mais qualificado o elenco, maior é a responsabilidade do comandante por bons resultados. Com o reforço, Ricardo vai ser muito cobrado caso a equipe fracasse na Libertadores.

Além da exigência, o treinador terá de administrar mais egos em busca de uma vaga entre os titulares. Washington, um dos mais ferozes no quesito “reclamação”, é justamente quem perde espaço para o reforço.

Nos últimos 40 dias, Cicinho, Junior Cesar e Marcelinho também protagonizaram manifestações de insatisfação. Com a chegada de mais um “acostumado a jogar”, o grupo ganha qualidade e concorrência.

A Era Fernandão inicia com promessa de gols. E será preciso habilidade para afastar dores de cabeça.

Edição LanceNet!