Parte da torcida do São Paulo continua insatisfeita com o trabalho de Ricardo Gomes. Tanto é que, mesmo com o time classificado para as quartas de final da Libertadores, contra o Cruzeiro, o treinador tem sido vaiado. E, na noite desta sexta-feira, parte do muro do centro de treinamento do clube, na Barra Funda, na Zona Oeste da cidade, foi pichado com dizeres como ‘Retranqueiro’ e ‘Fora, Gomes’.

Neste domingo, o Tricolor Paulista estreia no Campeonato Brasileiro contra o Flamengo, no Maracanã, mas o técnico deve escalar um time misto, já que na quarta, dia 12, tem pela frente o Cruzeiro no primeiro duelo que decide a vaga nas semifinais da Libertadores. E a pressão sobre Gomes só deve aumentar.

Edição Globo Esporte